Voltar
12.03.2015

Em dia de descanso, Luiz Duarte faz quatro mesas finais em 24 horas

gde_5212

Não faz muito tempo que o poker pro Luiz Duarte ascendeu ao cenário do poker nacional. Ao entrar chip leader na mesa final doBSOP (Brazilian Series of Poker) Millions 2014, ele mostrou jogo em um dos maiores torneios ao vivo do mundo, e conseguiu ficar na segunda colocação – o que lhe rendeu uma forra de R$ 710 mil.

Também regular dos circuitos paulistanos, o jogador de Marília, interior do estado, também foca nos torneios ao vivo do circuito latino – o LAPT (Latin America Poker Tour).

Desta vez, na etapa de Viña del Mar, no Chile, Duarte acabou caindo nos tiroteios do Main Event. Nada contente, ao invés de optar pelo descanso, ele abriu o software do PokerStars e partiu para a agressão.

Foram quatro mesas finai em 24 horas, sendo um segundo lugar e uma cravada no mesmo evento, o Six-Max US$ 70/US$ 7.

Na primeira engatada, “justholdplz” encarou um field de 165 entradas que teve uma premiação acumulada de US$ 11.550. Com o segundo lugar, ele puxou US$ 1.911,52. No dia seguinte, o evento chegou a 95 jogadores e prize pool de US$ 6.650. Com a cravada, Duarte levou mais US$ 1.812,15.

Aos outras quatro mesas finais de Duarte foram o Progressive Knockout US$ 27 e o US$ 82. Em quarto no US$ 27, ele levou uS$ 1.232,01 dos US$ 36.162 totais acumulados com o field de 1.473 entradas. No de US$ 82, ele chegou em segundo entre os 251 jogadores que disputaram o torneio e levou 1.411,87 dos US$ 18.825.

No total, o grinder levantou US$ 6.367,55 (ou R$ 19.792).

Fonte: Super Poker